Our Blog

Mercado de tablets triplica no Brasil Foram vendidos 606 mil tablets em três meses.

Brasil passou de 17º lugar para 11º, no ranking mundial do consumo.

Com alguns modelos custando menos de R$ 1 mil, o mercado de tablets no Brasil triplicou este ano. Eles são leves, bonitinhos e viraram mania entre os brasileiros.

No segundo trimestre deste ano, as vendas desses objetos de desejo cresceram 275% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram vendidos 606 mil tablets em três meses. São cinco por minuto.

Na comparação com outros países, o Brasil passou de 17º lugar para 11º, no ranking mundial do consumo. Entre os países do Brics, o Brasil ficou na 3ª posição atrás da China e da Rússia e a previsão é de um aumento ainda maior desse mercado: até o fim do ano, as vendas devem chegar à marca de 2,6 milhões aparelhos.

Entre os motivos apontados para esse crescimento estão a mobilidade e o preço: é grande a variedade de tablets que custam menos de R$ 1 mil.

Outra razão é a praticidade. A equipe de uma agência, no Rio de Janeiro, usa computadores, mas não dispensa os tablets. A empresa, que trabalha com mídia digital, teve que adaptar os sites dos clientes por conta do número de acessos por tablet.

“A gente tinha em torno de 400 projetos no ar, realizados nos últimos anos, e de um ano e meio pra cá, adaptamos todos esses projetos para serem compatíveis com tablet”, conta o diretor da agência, Celso Fortes.

Fonte: Jornal da Globo

Tags:

Show Comments (0)

This is a unique website which will require a more modern browser to work! Please upgrade today!